Sobre o Blog

Este é um blog despretensioso, criado após muita insistência da minha irmã, para que eu registrasse as minhas receitas e compartilhasse com ela. Ela criou e nomeou o blog, utilizando a forma como me chama: Brunildinha. Este é um espaço onde compartilho minhas receitas, não só com ela, mas com todos vocês!

terça-feira, 7 de outubro de 2014

PUDIM DE LEITE CONDENSADO (SEM FURINHO)

Adoro pudim!! É uma sobremesa que me lembra muito minha infância e acho que justamente por isso tem um sabor todo especial para mim. Já faz um tempo que comprei um livro só sobre esta sobremesa, "o livro do pudim" (Daniela Aliperti). Além da história e das receitas, o livro têm varias dicas para deixar o pudim perfeito. 




Vou compartilhar com vocês as dicas que utilizei e colocar a receita que preparei. Espero que gostem!!!


    • textura: substituir parte do leite da receita por creme de leite (sem soro) deixa o pudim mais cremoso.
    • Furinho: ter ou não furinho deve-se a temperatura de cozimento e a maneira de bater a massa. Para um pudim sem furinhos, a temperatura do forno deve estar abaixo de 180 graus (pois acima desta temperatura, as proteínas do ovo coagulam rápido demais e deixam as bolhas de ar, que formam os furinhos, como rastro) e a massa deve ser batida a mão delicadamente (se você bater vigorosamente, deixará a sua massa aerada, e o ar deixará seu pudim com furinhos). Uma outra dica para evitar os furinhos é coar a massa antes de colocar na forma.
    • Calda de caramelo: o caramelo para caldas e coberturas, se forma quando a calda passa dos 145 graus (ponto de crosta dura), porem não cozinhe acima de 190 graus, pois sua calda ficará queimada.
    • Banho maria: para um cozimento da maneira correta, a água (que deve estar quente) da assadeira deve chegar a 2/3 da altura da forma do pudim 
    • Crosta: Cobrir o pudim com papel alumínio enquanto ele assa em banho maria, isto evita que forme aquela crostinha. Se você gosta com crosta, não precisa cobrir.
    • Cozimento: para verificar o ponto, de uma leve sacudida na forma. Se formarem ondas radiais (em torno do centro da forma) ainda não está pronto. Quando as ondas deixarem de se formar, faça o teste do palito e se ele sair limpinho pode retirar o pudim do forno.
    • Desenforme: uma dica para um desenforme perfeito é colocar a forma na boca do fogão e deixar 10 segundos, isso fara o caramelo amolecer facilitando. Então passe uma faca (com ponta e sem serra) em volta do pudim, descolando-o da parede da forma. Passe em movimento circular, sem movimentar a faca para cima e para baixo.

    Agora, após as dicas vamos a receita do pudim sem furinhos:


    Ingredientes:

    Base:
    • 1 lata de leite condensado
    • 450ml de leite integral (usei metade leite e metade creme de leite)
    • 1 colher (café) de extrato de baunilha (opcional)
    • 2 ovos
    • 4 gemas

    Calda:
    • 150g de açúcar
    • água suficiente para molhá-lo


    Modo de preparo:

    Coloque açúcar na forma de pudim (18 cm de diâmetro) e adicione água suficiente para molhá-lo. Mexa bem a mistura (limpe as paredes da forma com um pincel molhado para evitar a formação de cristais de açúcar) e leve ao fogo. deixe cozinhar até virar caramelo (sem mexer). Quando o caramelo estiver pronto, desligue o fogo e com cuidado incline a forma para caramelar as paredes da forma.
    Em uma tigela coloque o leite condensado, o leite integral, o creme de leite (se você optar por usá-lo) e a baunilha. Misture manualmente. Em outro recipiente, bata os ovos e as gemas com ajuda de um fouet, até ficar bem batido. Com cuidado adicione a mistura dos avos à mistura da outra travessa, mexendo delicadamente. Mexa até a base do pudim ficar homogênea. Coe e reserve.
    Pré aqueça o forno a 150 graus. Transfira a base de pudim para a forma caramelada e cubra com papel alumínio. Cozinhe em banho maria pelo período entre 1:00h e 1:30h (vai depender do seu forno...no meu demorou um pouco mais que 1h30min) ou até que o centro do pudim fique firme. Leve a geladeira até a hora de desenformar.

    15 comentários:

    1. Gostei da dica do papel alumínio, eu não gosto muito da crosta.
      Pudim é uma sobremesa tão simples mas tão deliciosa né? <3

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Muito deliciosa, uma de minhas preferidas!! Beijos

        Excluir
    2. Eu gosto de todos os jeitos: com e sem furinhos!!!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu também Camila, apesar de preferir o sem furinhos! Beijos

        Excluir
    3. Bruna, eu tenho esse livro, é muito legal, né? Acho que foi mais ou menos esse da sua foto que eu fiz, mas com calda de laranja. Ainda prefiro assar bolo, é mais a minha cara ;-) mas o pudim ficou bom também!
      ótimas dicas, salvadoras para o pudim sair perfeitinho!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Gostei bastante deste livro mas ainda não testei os pudins diferentes. Você gostou da calda de laranja? Beijos

        Excluir
    4. Nhamiii, parece delicioso.
      Faz tanto tempo que não como pudim =/
      Beijos

      ResponderExcluir
    5. Respostas
      1. Ela não te respondeu, mas tudo bem, quem sabe na próxima, Quelytha

        Excluir
      2. Que bom que gostou Quelytha :)

        Excluir
    6. Fiquei com uma dúvida: no total são 2 claras e 6 gemas?

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Alana, são dois ovos inteiros (gema e clara) + 4 gemas.

        Abraços Bruna

        Excluir
    7. Meu pudim está há mais de 2 hrs é ainda está líquido

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Quando acontecer isto, você pode aumentar um pouco a temperatura do forno e deixar assar por mais tempo. O tempo varia de forno para forno.

        Excluir